Campeonato Nacional I Divisão Femininos16 Janeiro 2019 . Leitura - 4min

Castêlo da Maia GC vs GC Vilacondense | Antevisão

Castêlo da Maia e Vilacondense defrontam-se, este domingo, pelas 18h00, para a 17ª jornada, na Maia.

castelo-da-maia-gc-vs-gc-vilacondense-antevisao - image

Após uma paragem relativa à época festiva, seguida pelos trabalhos da Seleção Nacional feminina e masculina que disputaram os últimos jogos do apuramento para o Europeu, o Campeonato Nacional está de volta este fim-de-semana.

Separados por três pontos, Castêlo e Vilacondense continuam a sua luta para terminar a 1ª fase do Campeonato entre as quatro principais candidatas ao título da Divisão de Elite. 

“Neste momento, para conseguirmos o acesso aos quatro primeiros lugares, ainda dependemos apenas dos nossos resultados, pelo que continuamos com a motivação em índices bastante elevados”, esclareceu António Ferreira que segue em 6º lugar com 27 pontos.

As duas equipas já se haviam encontrado na 4ª jornada, num duelo bastante equilibrado que terminou com a vitória da turma de António Ferreira por 3-2 (26-24, 19-25, 25-23, 13-25 e 12-15).

Consciente das dificuldades, mas seguro do potencial da sua formação, o técnico de Vila do Conde assume que o opositor “é uma equipa muito organizada e com uma qualidade de jogo que cria problemas a qualquer adversário”.

Tal como havia acontecido no primeiro encontro, Hélder Andrade espera um jogo “bastante equilibrado, entre duas equipas que praticam bom voleibol e que lutam pelos mesmos objetivos”, acrescentando ainda que irá “tentar corrigir alguns pormenores na organização do contra-ataque e tentar ao máximo explorar as maiores fragilidades do adversário”.

Uma semana depois dos oitavos de final da Taça de Portugal, os técnicos das duas equipas assumem estarem focados no encontro da 17ª jornada.

“Ganhar é sempre bom, ainda para mais na taça que são jogos de ‘mata mata’ melhor ainda, mas estamos completamente focados neste jogo, pois como se costuma dizer ‘passado é história’”, sublinhou Hélder Andrade.

Recordamos que, o conjunto da Maia venceu a Académica de São Mamede por 3-0 já a formação de Vila do Conde foi eliminada da Taça após a derrota por 3-2 frente às açorianas do Clube Kairós. Um resultado que António Ferreira assegura não ter afetado a equipa.

“Em termos anímicos o resultado com o Clube K, não tem qualquer alteração na nossa forma de estar, pois foi um jogo muito equilibrado que foi ganho pelo nosso adversário por pequenos pormenores, se a vitória fosse do GC Vilacondense não seria de estranhar”, explicou.

Com o foco já na partida de domingo, os treinadores analisaram ainda os pontos fortes do adversário.

“O Vilacondense é uma equipa com algumas jogadoras experientes e com uma boa organização ofensiva”, começou por referir Hélder Andrade realçando que o objetivo é “estar à vontade com esses pontos fortes e com o estilo de jogo adversário”.

“Neste tipo de jogos é muito importante a equipa estar a 100% focada e lutar em todas as bolas, e isso é o que podem esperar de nós!”, finalizou.

Por outro lado, António Ferreira espera encontrar do outro lado da rede “um boa organização e uma distribuidora de grande qualidade que procura jogar muito rápido” e, por isso, acredita que a sua equipa terá que ser “muito forte nas primeiras ações e ter uma boa organização de bloco e defesa, sempre com uma boa gestão emocional, que é uma das características fortes do grupo”, concluiu.

 

Poderá acompanhar este encontro, em direto, através do site www.volei.tv.

Partilhe

Kinder_250x250 prozis250x250 vitalis_250x250 Mikasa_250x250